Apoio na separação

Imprimir PDF

A mulher, quando se separa, costuma ser o lado mais frágil, porque além de se sentir culpada da separação, ainda tem de encontrar bons profissionais para cuidar de seus interesses. Abalada emocional e financeiramente, e ainda assumindo sozinha os filhos e as obrigações do lar desfeito, a mulher precisa de orientação correta e de profissionais preparados para atendê-la nesse momento tão difícil.

O homem, quando se separa, se vê, de repente, sem nenhum dos seus ao seu redor: sente falta do barulho das crianças, acaba tendo saudade demais dos filhos, não sabe o que fazer, precisa de orientação.

Assim, a Patricia Garrote Advocacia, percebendo a fragilidade do ex-casal frente à nova realidade, abre espaço para a conversa, o entendimento e a orientação legal necessária para que toda a família não tenha mais prejuízos emocionais advindos da separação que os absolutamente previsíveis.


Adicionar comentário


Código de segurança
Atualizar